‘O Sim de São José’. Nosso fundador faz uma reflexão sobre este homem de poucas palavras, mas de muito amor.

‘O Sim de São José’. Nosso fundador faz uma reflexão sobre este homem de poucas palavras, mas de muito amor.

O SIM DE SÃO JOSÉ

O sim de São José, é um sim que nos encanta. Por quê? É um sim silencioso e escondido, uma paternidade assumida por amor. Uma paternidade que foi vivida até o último dia de sua vida, no silêncio. Nas Sagradas Escrituras, depois que houve o sim de São José, não falam mais sobre ele. É um sim silencioso, é um sim escondido, mas que durou a vida inteira. Porque é um sim que foi alimentado pela vida de oração, pela contemplação de Deus.

A Bíblia nos mostra outras vezes que São José esteve no Templo. Com certeza era um homem de oração, um homem que vivia de fato todos os propósitos do seu tempo.  Toda sua vida foi continuar vivendo o sim. Não fez nada mais de extraordinário, o seu extraordinário está na perseverança desse sim, na beleza perseverante deste sim. Que continuou firme em todas as situações. Por isso é importante que nós entendamos claramente isso.

O sim de São José é extraordinário. Porque é um sim que não duvidou, é um sim que silenciosamente continuou, continuou… até a consumação dos seus dias.

Vamos viver o sim de São José?

Um sim que não volta atrás e não fica na inconstância dos altos e baixos. Sim! Ainda que seja difícil, complicado ou até doloroso… Sim!! Já disse meu sim, não vou voltar atrás, vou viver até o fim, nem que seja no esconderijo da oração, no esconderijo da contemplação. Mas é o meu sim, eterno e diário. 

Padre Geovane Ferreira

Anterior Fique ligado! Encontro Vocacional Masculino
Próximo Em 19 de março de 2013, iniciava o Pontificado de Francisco.

Sobre o autor

Imprensa